As diferenças sobre os fachos de luz em um equipamento de iluminação LED

As diferenças sobre os fachos de luz em um equipamento de iluminação LED

As diferenças sobre os fachos de luz em um equipamento de iluminação LED

As diferenças sobre os fachos de luz em um equipamento de iluminação LED 

Na prática, um facho luz ou ângulo de abertura permite saber quanto de uma área será iluminada por um equipamento de iluminação LED a determinada distância. Quando posicionadas em locais corretos, equipamentos de iluminação LED com o facho apropriado fazem a diferença nos ambientes, resultando em projetos luminotécnicos bem executados – que seguem as diretrizes da NBR 8995 – com menor carga instalada e menos produtos, por exemplo.

É indiscutível. Uma iluminação adequada é capaz de melhorar a funcionalidade de um ambiente, aumentar a sensação de conforto, provocar crescimento na produtividade, diminuir a criminalidade, incrementar as vendas, aumentar a segurança no trabalho e muito mais. Nesse sentido, projetos luminotécnicos costumam levar em consideração diversos fatores — além de evitar os erros mais comuns — para criar uma iluminação que atenda perfeitamente a necessidade tanto de ambientes residenciais quanto comerciais, industriais e públicos.

Um elemento que deve ser considerado e que, por muitas vezes, é deixado de lado diz respeito ao facho de luz de um equipamento de iluminação. Isso porque quando posicionados em locais corretos, produtos LED de qualidade — como os produzidos pela HDA — com o facho apropriado fazem a diferença nos ambientes, resultando em projetos luminotécnicos bem executados – seguindo a NBR 8995 –, com menor carga instalada e menos luminárias.

Pensando em ajudar você a compreender a aplicação dos fachos de luz e entender as diferenças existentes entre eles, a equipe técnica da HDA reuniu as informações a seguir.

 

O que é facho de luz?

Antes de nos aprofundarmos, vamos relembrar:

- Fluxo luminoso (lm) é a quantidade total de luz gerada por uma fonte luminosa;
- Iluminância (lx = lm/m2) indica o fluxo luminoso de uma fonte de luz que incide sobre uma superfície situada a uma certa distância desta fonte.

Facho luz ou ângulo de abertura permite-lhe saber a quanto de uma área será iluminada por uma um equipamento de iluminação LED a uma determinada distância. A indústria de iluminação desenvolveu uma fórmula uniforme para determinar o facho de luz. A saída de luz (lúmens) é medida no centro do facho e, em seguida, a intensidade dessa luz é medida a partir do centro até atingir 50% do nível de intensidade. O ângulo de abertura é então determinado em graus. Para facilitar o entendimento, confira a figura abaixo:

Adicionalmente, temos também um conceito pouco explorado que é o ângulo de campo, que nada mais é do que a extensão do ângulo de abertura, porém considerando a intensidade 10% da medida no ângulo 0º. 

Abaixo uma ilustração:

 

Isso posto, podemos dizer que normalmente nos equipamentos de iluminação LED os fachos de luz são direcionados/organizados com o auxílio de lentes ou refletores — acessórios que limitam o tamanho do campo de incidência da luz sobre uma superfície.

Assim, para gerar diferentes tipos de facho de luz, são aplicados modelos de lente distintos que são determinantes para a forma e o direcionamento da luz e, por consequência o resultado da iluminação de um certo ambiente.

 

Quais as diferenças entre os fachos de luz de em um equipamento de iluminação LED? 

Conforme dito anteriormente, facho de luz ou ângulo de abertura são expressos em ° (graus) e aliado à forma de luz projetada em uma superfície, temos a chamada fotometria. No mercado as fotometrias são diversas e, portanto, elencamos abaixo as mais comuns encontradas no dia a dia do realizar de projetos luminotécnicos:

 

A fotometria é classificada de acordo com a Curva de Distribuição Luminosa (CDL) que é, basicamente, um gráfico polar no qual é apresentada a direção dos fachos de luz emitidos pelo equipamento.

Como escolher o facho de luz correto em um equipamento de iluminação LED? 

Como em todos os casos relacionados à iluminação, a escolha do facho de luz ideal dependerá do tipo de ambiente que está sendo iluminado. Normalmente em áreas onde não existem anteparos, prateleiras e/ou corredores limitados pela existência das mesmas ou por paredes são utilizados fachos de luz de 90º e 60º, que são mais “abertos” e garantem que a luz se “espalhe” pelo ambiente de forma mais adequada, homogênea, atingindo assim a iluminância desejada que a norma utilizada diz.

Já para áreas onde a fonte luminosa está longe do objeto iluminado, recomenda-se a utilização de fachos de luz mais “fechados”, como por exemplo, lentes de 30º e 12º para assim termos maior alcance/profundidade. No caso de corredores, onde deseja-se direcionar ao máximo a luz no chão e não iluminar paredes ou prateleiras, as lentes elípticas são muito utilizadas. Elas também são conhecidas como assimétricas, pelo fato possuir ângulos de abertura distintos no eixo longitudinal e transversal ao da fonte luminosa.

Na iluminação púbica existe a classificação das vias (ex.: Tipo II – média) a qual determinará a fotometria a ser utilizada no projeto. Lembrando que, a escolha do facho de luz correto em um equipamento de iluminação LED deverá variar de acordo com o grau de iluminância necessário para o ambiente.

Assim, escolher equipamentos versáteis pode ser a melhor forma de garantir o facho de luz correto para a iluminação de seu negócio e, por isso, a HDA conta com diversas soluções para adequar-se às necessidades de seus clientes. As famílias HDA 002 e HDA 003 contam com equipamentos modificáveis que podem ser adaptados conforme o facho de luz necessário.

Além disso, para garantir o facho de luz e a iluminância necessária, os equipamentos de iluminação LED produzidos pela HDA podem ter suas lentes e potência combinados. É garantia de iluminação adequada independentemente do setor produtivo da indústria, varejo ou iluminação pública.

Agora que você está por dentro das diferenças entre os fachos de luz em um equipamento de iluminação LED, que tal verificar a diferença entre lúmen teórico/lúmen real ou entender o que analisar ao escolher uma empresa de iluminação LED? Acesse o blog da HDA!